livros? www.sebodobac.com
   
Histórico
17/04/2011 a 23/04/2011
12/12/2010 a 18/12/2010
12/09/2010 a 18/09/2010
25/07/2010 a 31/07/2010
18/07/2010 a 24/07/2010
20/06/2010 a 26/06/2010
30/05/2010 a 05/06/2010
21/02/2010 a 27/02/2010
14/02/2010 a 20/02/2010
07/02/2010 a 13/02/2010
27/12/2009 a 02/01/2010
06/12/2009 a 12/12/2009
22/11/2009 a 28/11/2009
27/09/2009 a 03/10/2009
26/07/2009 a 01/08/2009
19/07/2009 a 25/07/2009
12/07/2009 a 18/07/2009
07/06/2009 a 13/06/2009
17/05/2009 a 23/05/2009
10/05/2009 a 16/05/2009
03/05/2009 a 09/05/2009
19/04/2009 a 25/04/2009
12/04/2009 a 18/04/2009
05/04/2009 a 11/04/2009
29/03/2009 a 04/04/2009
15/03/2009 a 21/03/2009
08/03/2009 a 14/03/2009
01/03/2009 a 07/03/2009
15/02/2009 a 21/02/2009
01/02/2009 a 07/02/2009
25/01/2009 a 31/01/2009
18/01/2009 a 24/01/2009
11/01/2009 a 17/01/2009
04/01/2009 a 10/01/2009
21/12/2008 a 27/12/2008
14/12/2008 a 20/12/2008
07/12/2008 a 13/12/2008
23/11/2008 a 29/11/2008
16/11/2008 a 22/11/2008
09/11/2008 a 15/11/2008
02/11/2008 a 08/11/2008
26/10/2008 a 01/11/2008
19/10/2008 a 25/10/2008
12/10/2008 a 18/10/2008
05/10/2008 a 11/10/2008
28/09/2008 a 04/10/2008
21/09/2008 a 27/09/2008
14/09/2008 a 20/09/2008
07/09/2008 a 13/09/2008
31/08/2008 a 06/09/2008
24/08/2008 a 30/08/2008
17/08/2008 a 23/08/2008
27/07/2008 a 02/08/2008
20/07/2008 a 26/07/2008
13/07/2008 a 19/07/2008
06/07/2008 a 12/07/2008
22/06/2008 a 28/06/2008
15/06/2008 a 21/06/2008
08/06/2008 a 14/06/2008
01/06/2008 a 07/06/2008
25/05/2008 a 31/05/2008
18/05/2008 a 24/05/2008
11/05/2008 a 17/05/2008
04/05/2008 a 10/05/2008
27/04/2008 a 03/05/2008
20/04/2008 a 26/04/2008
13/04/2008 a 19/04/2008
06/04/2008 a 12/04/2008
30/03/2008 a 05/04/2008
23/03/2008 a 29/03/2008
09/03/2008 a 15/03/2008
24/02/2008 a 01/03/2008
17/02/2008 a 23/02/2008
10/02/2008 a 16/02/2008
03/02/2008 a 09/02/2008
27/01/2008 a 02/02/2008
20/01/2008 a 26/01/2008
13/01/2008 a 19/01/2008
06/01/2008 a 12/01/2008
23/12/2007 a 29/12/2007
16/12/2007 a 22/12/2007
09/12/2007 a 15/12/2007
02/12/2007 a 08/12/2007
25/11/2007 a 01/12/2007
18/11/2007 a 24/11/2007
11/11/2007 a 17/11/2007
04/11/2007 a 10/11/2007
28/10/2007 a 03/11/2007
21/10/2007 a 27/10/2007
14/10/2007 a 20/10/2007
30/09/2007 a 06/10/2007
23/09/2007 a 29/09/2007
16/09/2007 a 22/09/2007
09/09/2007 a 15/09/2007
02/09/2007 a 08/09/2007
26/08/2007 a 01/09/2007
19/08/2007 a 25/08/2007
05/08/2007 a 11/08/2007
29/07/2007 a 04/08/2007
22/07/2007 a 28/07/2007
15/07/2007 a 21/07/2007
08/07/2007 a 14/07/2007
01/07/2007 a 07/07/2007
24/06/2007 a 30/06/2007
10/06/2007 a 16/06/2007
27/05/2007 a 02/06/2007
20/05/2007 a 26/05/2007
13/05/2007 a 19/05/2007
06/05/2007 a 12/05/2007
29/04/2007 a 05/05/2007
22/04/2007 a 28/04/2007
08/04/2007 a 14/04/2007
01/04/2007 a 07/04/2007
25/03/2007 a 31/03/2007
18/03/2007 a 24/03/2007
11/03/2007 a 17/03/2007
25/02/2007 a 03/03/2007
18/02/2007 a 24/02/2007
11/02/2007 a 17/02/2007
04/02/2007 a 10/02/2007
21/01/2007 a 27/01/2007
14/01/2007 a 20/01/2007
07/01/2007 a 13/01/2007
10/12/2006 a 16/12/2006
03/12/2006 a 09/12/2006
26/11/2006 a 02/12/2006
12/11/2006 a 18/11/2006
05/11/2006 a 11/11/2006
29/10/2006 a 04/11/2006
Outros sites
UOL - O melhor conteúdo
BOL - E-mail grátis
Bortolotto
Meu sebo
Guia Teatral
Pierre
fernanda
Caco Galhardo
Fotoblog do Sebo do Bac
Paula
Poeta Marceleza

Votação
Dê uma nota para meu blog

 


ACABEI DE INAUGURAR A ESTANTE DE SALDO DE LIVROS NO SITE

 

 

Alguns clientes de outros estados andaram reclamando que não possuem acesso a promoção lançada no sebo físico. Já estamos cadastrando os livros com preços de saldo no site. O nome da estante é Saldo de livros. É só conferir e efetuar o seu pedido pelo www.sebodobac.com O link do saldão no é : http://www.sebodobac.com/listagem.asp?categoria_id=101&titulo=saldo%20de%20livros. A promoção dura até acabar o estoque. Aproveitem

Obs: Chegou livros de cinema  e teatro no saldão



Escrito por anselmo às 14h24
[] [envie esta mensagem]




Tristeza E Indignação

 

Até pensei em abrir um processo contra a prefeitura. Mas também já ando descrente da lei. Só para vocês sacarem como eu não dou sorte com processos : Tenho um processo em trâmite que já perdura por 10 anos e pelo visto vou morrer a esperar que a justiça condene os donos da empresa de ônibus que me vitimou a ter que carregar uma seqüela física no braço esquerdo por toda a vida. Entrei com uma ação contra a empresa na qual trabalhei em regime de semi – escravidão. Foram 6 anos sem férias e sem participar do dissídio da classe. Neste caso a empresa foi condenada e firmou um acordo perante a juíza. Mas como canalha que são; não me pagaram e estou a espera de um recurso que pelo visto eles não serão condenados. É isso ai. O Brasil parece realmente ser o berço da impunidade. Neste dia de finados cheguei ao cemitério onde meu velho pai fora sepultado e encontrei outro senhor sepultado no local. Procurei a administração do cemitério e o que ouvi da atendente não foi nada animador:

 - Olha, fizemos a exumação do seu pai em meados de julho.

 - Mas onde esta os ossos do meu pai? Por que ninguém me ligou para participar da exumação?

- Nós não ligamos para a família

- Cadê os ossos do meu pai?

- Exumamos, colocamos num saco preto e grampiamos o nome no saco, depois cavamos um buraco e colocamos lá. Jogamos terra por cima e fica plano de novo. Ai sepultamos outro(a) por cima.

- E o que eu faço?

- Você anota ai o telefone e me liga daqui três anos para recuperar os ossos do seu pai.

O revoltante desta história de horror é que paguei durante um bom tempo para o jardineiro cuidar do tumulo do velho. Parece que foi hoje. Eu tava ali aos plantos, vendo o cara que mais amei na vida ser enterrado. Os coveiros terminaram de jogar a merda da terra e vieram como se fossem urubus pra cima de mim oferecendo serviços e solicitando gorjeta. Meu primo empurrou um deles e quase deu um murro na cara do sujeito. Eu tava zonzo e escutava meio de longe meu primo gritar:

- SAI FORA CARA. AGORA NÃO. OUTRO DIA ELE FALA COM VOCÊ.

Sempre paguei pela manutenção do tumulo do meu pai com cheque. Eu ia lá no cemitério e entregava 12 cheques para que durante todo o ano o tumulo ficasse bonito.

Quando o ultimo cheque era depositado, eu já recebia o telefonema de aviso de cobrança. Então eu repetia todo o tramite. Depois de um tempo de sofrimento larguei o trabalho de escravo e saquei que já era hora da exumação. Optei por dar um tempo no pagamento. Eu tava sem grana. Tinha e tenho muitas obrigações. Recebi mais 2 telefonemas de cobrança e o telefone se calou de vez. Avisei para meus irmãos pintarem por lá. Ninguém pintou. Mas neste ultimo finados fomos em caravana pra lá. O que vimos e ouvimos vai ficar marcado na pele. Mas uma pra minha coleção de decepções. A minha revolta esta justamente por algumas questões não esclarecidas. Será que a polícia e a prefeitura sabem que seus funcionários – nossos porque pago meus impostos – estão cobrando dos familiares para cuidarem dos túmulos? Eles não são jardineiros? Ao meu ver quem paga jardineiro de cemitério municipal é o prefeito. Ou eu estou louco? Todo cemitério municipal possui um local onde os ossos ficam. Eu não recebi ligação nenhuma sobre a referida exumação. Se eu estivesse pagando o salário extra do jardineiro eu na certa receberia o valor para ter direito a colocar os ossos do meu pai neste local. Mas e se eu não pagar? Onde vai ficar os ossos daquele que será sempre o meu maior herói? Não gosto de pensar no que vi e ouvi. Queria apenas ficar aqui lembrando com saudade do pai. Nunca conheci um cara que fosse mais apaixonado por seus filhos como meu pai era por mim e pelos meus 2 irmãos. Mas o que não sai da minha cabeça é que o homem realmente vale somente nesta terra pela quantia de suas posses.

 

 Obs: Neste cemitério pode se encontrar varias pedras com fotos e mensagem jogadas pelo chão como se fossem lixo. Eu não encontrei a pedra do meu pai. Nela estava escrito que ele sentia saudades do neto que ele não conheceu. ele adorava criança. O Pedro nasceu depois de 5 meses da morte dele. Ele esta sepultado:

Cemitério de Itaquera

Luiz Placido dos Santos

Quadra A-2 n°2708

11/11/1939 à 18/01/2003

Sinto eterna dor e saudade pai.

Desculpe -  Mas não consigo conter as lágrimas que molham este teclado



Escrito por anselmo às 21h12
[] [envie esta mensagem]


[ ver mensagens anteriores ]