livros? www.sebodobac.com
   
Histórico
17/04/2011 a 23/04/2011
12/12/2010 a 18/12/2010
12/09/2010 a 18/09/2010
25/07/2010 a 31/07/2010
18/07/2010 a 24/07/2010
20/06/2010 a 26/06/2010
30/05/2010 a 05/06/2010
21/02/2010 a 27/02/2010
14/02/2010 a 20/02/2010
07/02/2010 a 13/02/2010
27/12/2009 a 02/01/2010
06/12/2009 a 12/12/2009
22/11/2009 a 28/11/2009
27/09/2009 a 03/10/2009
26/07/2009 a 01/08/2009
19/07/2009 a 25/07/2009
12/07/2009 a 18/07/2009
07/06/2009 a 13/06/2009
17/05/2009 a 23/05/2009
10/05/2009 a 16/05/2009
03/05/2009 a 09/05/2009
19/04/2009 a 25/04/2009
12/04/2009 a 18/04/2009
05/04/2009 a 11/04/2009
29/03/2009 a 04/04/2009
15/03/2009 a 21/03/2009
08/03/2009 a 14/03/2009
01/03/2009 a 07/03/2009
15/02/2009 a 21/02/2009
01/02/2009 a 07/02/2009
25/01/2009 a 31/01/2009
18/01/2009 a 24/01/2009
11/01/2009 a 17/01/2009
04/01/2009 a 10/01/2009
21/12/2008 a 27/12/2008
14/12/2008 a 20/12/2008
07/12/2008 a 13/12/2008
23/11/2008 a 29/11/2008
16/11/2008 a 22/11/2008
09/11/2008 a 15/11/2008
02/11/2008 a 08/11/2008
26/10/2008 a 01/11/2008
19/10/2008 a 25/10/2008
12/10/2008 a 18/10/2008
05/10/2008 a 11/10/2008
28/09/2008 a 04/10/2008
21/09/2008 a 27/09/2008
14/09/2008 a 20/09/2008
07/09/2008 a 13/09/2008
31/08/2008 a 06/09/2008
24/08/2008 a 30/08/2008
17/08/2008 a 23/08/2008
27/07/2008 a 02/08/2008
20/07/2008 a 26/07/2008
13/07/2008 a 19/07/2008
06/07/2008 a 12/07/2008
22/06/2008 a 28/06/2008
15/06/2008 a 21/06/2008
08/06/2008 a 14/06/2008
01/06/2008 a 07/06/2008
25/05/2008 a 31/05/2008
18/05/2008 a 24/05/2008
11/05/2008 a 17/05/2008
04/05/2008 a 10/05/2008
27/04/2008 a 03/05/2008
20/04/2008 a 26/04/2008
13/04/2008 a 19/04/2008
06/04/2008 a 12/04/2008
30/03/2008 a 05/04/2008
23/03/2008 a 29/03/2008
09/03/2008 a 15/03/2008
24/02/2008 a 01/03/2008
17/02/2008 a 23/02/2008
10/02/2008 a 16/02/2008
03/02/2008 a 09/02/2008
27/01/2008 a 02/02/2008
20/01/2008 a 26/01/2008
13/01/2008 a 19/01/2008
06/01/2008 a 12/01/2008
23/12/2007 a 29/12/2007
16/12/2007 a 22/12/2007
09/12/2007 a 15/12/2007
02/12/2007 a 08/12/2007
25/11/2007 a 01/12/2007
18/11/2007 a 24/11/2007
11/11/2007 a 17/11/2007
04/11/2007 a 10/11/2007
28/10/2007 a 03/11/2007
21/10/2007 a 27/10/2007
14/10/2007 a 20/10/2007
30/09/2007 a 06/10/2007
23/09/2007 a 29/09/2007
16/09/2007 a 22/09/2007
09/09/2007 a 15/09/2007
02/09/2007 a 08/09/2007
26/08/2007 a 01/09/2007
19/08/2007 a 25/08/2007
05/08/2007 a 11/08/2007
29/07/2007 a 04/08/2007
22/07/2007 a 28/07/2007
15/07/2007 a 21/07/2007
08/07/2007 a 14/07/2007
01/07/2007 a 07/07/2007
24/06/2007 a 30/06/2007
10/06/2007 a 16/06/2007
27/05/2007 a 02/06/2007
20/05/2007 a 26/05/2007
13/05/2007 a 19/05/2007
06/05/2007 a 12/05/2007
29/04/2007 a 05/05/2007
22/04/2007 a 28/04/2007
08/04/2007 a 14/04/2007
01/04/2007 a 07/04/2007
25/03/2007 a 31/03/2007
18/03/2007 a 24/03/2007
11/03/2007 a 17/03/2007
25/02/2007 a 03/03/2007
18/02/2007 a 24/02/2007
11/02/2007 a 17/02/2007
04/02/2007 a 10/02/2007
21/01/2007 a 27/01/2007
14/01/2007 a 20/01/2007
07/01/2007 a 13/01/2007
10/12/2006 a 16/12/2006
03/12/2006 a 09/12/2006
26/11/2006 a 02/12/2006
12/11/2006 a 18/11/2006
05/11/2006 a 11/11/2006
29/10/2006 a 04/11/2006
Outros sites
UOL - O melhor conteúdo
BOL - E-mail grátis
Bortolotto
Meu sebo
Guia Teatral
Pierre
fernanda
Caco Galhardo
Fotoblog do Sebo do Bac
Paula
Poeta Marceleza

Votação
Dê uma nota para meu blog

 


 HOJE NA FOLHA DE SÃO PAULO

A cidade de São Paulo em contos de cem palavras

Autores estreantes e blogueiros receberam a missão de espremer a capital paulista em histórias de, no máximo, cem palavras. Meu amigo Marcelo Montenegro esta entre estes escritores. Pra quem ainda não sabe o poeta também é prosador. Leia o texto do Marceleza aqui:

 cidade dentro

Um carro é ligado na madrugada. Praça Roosevelt, Nestor Pestana, Consolação. Tenta rasgar o plástico de um CD em frente à Sé, algo passa pela sua cabeça como o trânsito é passado por uma ambulância, essa compulsão pelo encarte das coisas, a noite esticando suas carreiras de faróis nas marginais. Mas não agora. Avenida do Estado vazia. Pouco antes das Juntas Provisórias, abre a garagem pensando quais músculos da humanidade se movem nas duas janelas acesas do prédio, canetas que falham ao lado do telefone, esfihas que sobram nas lanchonetes que fecham, a cara de quem acorda sem saber onde.


MARCELO MONTENEGRO, 36, é poeta e escritor. Posta poemas em marcelomontenegro.blog.uol.com.br



Escrito por anselmo às 13h57
[] [envie esta mensagem]


[ ver mensagens anteriores ]